SOBRE O PASTOR 2 – ACUSAÇÃO, ESPÍRITO MUNDANO.

A acusação é um espírito mundano, é isso que todo o mundo gosta, de acusar o próximo

Mas vem sempre como anjo de luz que parece se importar com o povo, mas conduz á perdição, Pelo menos Judas o fez por beneficio financeiro, mas estes vendem a alma ao diabo gratuitamente apenas para satisfazer o desejo do pecado que os domina.

Muitos já julgaram os ministros e não aceitaram a sua autoridade, e deram-se mal como foi o caso de Coré que não aceitava o ministério de Moisés.

Miriã ficou leprosa por ousar murmurar contra Moisés mesmo ele tendo violado a lei

Os filhos de Arão foram mortos porque queriam fazer o trabalho do sumo sacerdote

Saúl que se atreveu a fazer o trabalho de sacerdote erigindo e sacrificando sob um altar e por isso foi rejeitado.

42 meninos foram mortos só pelo facto de zombar de Eliseu chamando-o de calvo.

Uzá tocou na arca onde estava a palavra de Deus, mostrando que só o sacerdote tem acesso á palavra de Deus.

O falso profeta Ananias que resistia ao Jeremias e por isso Deus o matou.

Ao Hemineu e Fileto que Paulo entregou a Satanás por blasfemarem.

Paulo cegou Elimas por que opôr ao evangelho.

A Ananias e Safira que se atreveram a mentir a Pedro, o ministro de Deus, e por isso os matou, etc...

Por isso vê como é perigoso falar contra os ungidos de Deus e quem se atrever a condenar ainda que ele tenha violado toda a lei, ou pior: fazer-se passar por pastor, será condenado, porque quem julga o pastor é Deus e o pastor o povo.

É isso que muitos fazem ao querer pregar o evangelho e não aceitam os pastores, mas apascentam-se a si mesmos , e se fazem sacerdotes de si mesmos quando para tal não foram chamados e geram-se a si mesmos, perdoam-se a si mesmos, etc...Mas segundo eles dizem, se só Cristo é pastor porque queres pregar aos outros se é ele que ensina e salva?

Mas quem não amar mais o enviado de Deus que os seus amigos, família, irmãos, pai e mãe, de maneira nenhuma entrará no reino de Deus, porque o pecado contra o ministro é mortal e imperdoável

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>