Rm 7:25

Esta é a situação de todo o santo enquanto vive na Terra. Com o espirito regenerado pela graça servimos a Deus, mas com a carne ao pecado. O espirito que é eterno somos nós, as novas criaturas, os filhos de Deus que é espirito, mas a carne é a nossa habitação temporária que pertence a este mundo.

Pois o desejo da carne é escravo do pecado assim como o espirito já uma vez o foi antes do novo nascimento. Mas agora que somos santos, embora a carne seja ainda escrava do pecado o espirito é escravo de Cristo como Paulo explica ao longo deste capítulo e novamente resume em Rm 8:10.