Evolução ou predestinação

Dizem os grandes sábios: Somos meras reacções químicas de sódio e potássio, que entre milhões de neurónios cheios de informações por descargas eléctricas descodificam mensagens. Somos aquilo que os genes determinam.

Não somos seres predestinados, porque mudamos. Somos prisioneiros não dos genes, mas do meio que nos envolve (tragédias, perdas, clima, etc?) e isso muda a nossa vida de modo irreversível. As nossas decisões são tomadas pelas informações dos neurónios. Não sabemos se queremos saber quem e o que somos, pois chegamos á beira de um precipício em que as virtudes do homem são banais reacções químicas. Pomos em questão onde começa a virtude e acaba a culpa, em que todos os valores começam a ser postos em causa. Conclusão: a pergunta de quem somos, o que somos e donde viemos permanece.

 

Agora digo eu : A ciência permanece na estaca zero, pois nada adiantou tantos séculos de exploração acerca da vida, são tão ignorantes quanto o primeiro homem. È tudo uma luta vã, é como querer exterminar a doença, a pobreza, a velhice ou a guerra, porém estas coisas Deus as preordenou desde o principio. Quanto mais se descobre, mais mistérios existem, quanto mais se cura mais doenças aparecem, são mundos infinitos. O homem não tem qualquer desculpa, pois o universo dá testemunho de que Deus existe. Vemos que tudo está perfeito, quer o bem, quer o mal.

 

Deus, na sua sabedoria, fez o bem, a alegria, a saúde, a força e a vida; Mas, também fez o mal, a tristeza, a doença e a morte. Dois a dois, frente a frente. O mal para se opor ao bem, e em tudo o que está criado não se pode separar o mal do bem. Onde está um, está também o outro. O fogo aquece, mas também destrói; a água sacia e dá vida a tudo, mas também traz a ruína; O vento refresca, mas também quebra e arranca; todos nascem, mas também todos hão-de morrer . O bem sem o mal, não seria perfeito. Pois quando é que o homem valoriza o bem? Quando mal chega. Quando valorizamos a saúde? Quando estamos doentes. Quando é que valorizamos o dinheiro? Quando não o temos? Quando é que valorizamos a juventude? Quando somos velhos. Então vê como o mal tem o seu objectivo e que nada existe por um acaso, como muitos sábios dizem. Pois no acaso não há ordem, equilíbrio ou sabedoria. Pois quem gerou o primeiro átomo, o primeiro gene, ou a primeira forma de vida?

A vida não surge por si mesmo, mas pelos moldes estabelecidos. Pois a laranja só pode ser gerada pela laranjeira, e a laranjeira só pode gerar uma laranja. E porquê? Porque ela por si mesmo adquiriu essa capacidade? Não porque isso é que é natural, nasceu já com esse propósito. Cada coisa criada, está predestinada para o seu próprio objectivo. Mas, é só na natureza? Claro que não, em nós também. Predestinação A predestinação é a vocação que a pessoa traz desde de nascença. Repara neste exemplo: Tenho um filho que começou a tocar piano aos seis anos, e quanto mais tocava, mais ele aprendia, ainda que ninguém lhe ensinasse, pois na família ninguém percebia nada de música. Quando pela primeira vez que foi á escola de musica, ao fim de duas semanas sabia tanto como aqueles que tinham o sexto ano de música, e porquê? Porque para isto foi predestinado. por outro lado, eu estou farto de tentar , e já tenho provas suficientes que nunca conseguirei, nem tocar e ainda menos ser como ele.

Podemos aprender com muito trabalho, mas nunca ser como uma pessoa que já nasceu com essa vocação. Pois o que um faz com esforço e muitas vezes com sacrifício, outro o faz naturalmente e com imenso prazer . O homem não é o que faz, mas faz o que é. Se ele tiver um interior bom, produzirá coisas boas, mas se tiver um interior mau, faz coisas más. Não que ele queira, mas porque já nasceu assim. Pois Deus usa o mau para castigar o bom, e o bom para mostrar ao mau que ele é mau e que há um caminho bom e que só por meio de Cristo é que o seu interior muda. E quando o interior muda, a vida exterior também muda.Pois o exterior sempre dependerá do interior . Assim como a laranja depende da laranjeira. Predestinação é isto: O estômago foi criado para os alimentos e os alimentos para o estômago.

Porém, eu posso comer papel, terra, e outros objectos. Mas como não é próprio, a seu tempo sofrerei as consequências. Educação Repara no caso da educação. A educação não depende do que se aprende, mas sim do que se é. Ou seja: Quantas pessoas estudam uma vida inteira, têm uma infância feliz, têm bons pais, e se tornam nos maiores tiranos, e quanto mais poder têm, mais gente prejudicará. Porque se acham importantes, andam inchados, orgulhosos e só gostam de si mesmo. É o caso dos presidentes, advogados, juízes, que são maus. Os que aparentemente tinham mais probabilidades de serem uma melhor pessoa, são muitas vezes os piores (Hitler , Sadam, a igreja católica com a inquisição, os pedófilos, a escravidão gerada pelos ricos, etc?) Em contra partida vemos muitas pessoas que são analfabetas, porém respeitam toda a gente, são sempre educados e estão sempre prontos a ajudar , no entanto têm a fama de serem os coitadinhos.

Por isso a educação não está nos livros, mas no coração. Porém, enquanto a sabedoria no mau nada lhe faz, pelo contrário, torna-o mais sábio para o mal, fica sabendo como contornar as situações que lhe são contrárias, torcendo tudo o que é puro e honesto Já no bom, quanto mais ele aprende, mais educado se torna. Pois a sua vocação é essa. E o que está no coração do homem, isso fala a boca. A teoria da evolução ofende Deus, pois revela que alguma coisa se Lhe escapou. Mas, tudo é obra de um projecto que Deus predestinou ainda antes do princípio do mundo.A evolução não apareceria do nada, pois uma coisa é sempre resultado de outra (neste mundo). Tudo está em constante mudança mas nada muda. Tudo permanece igual e por mais que o homem construa ou destrua, a ordem estabelecia é imutável.

Natureza Repara na natureza. Uma é a vida dos animais, outra é a vida dos homens. São mundos diferentes. As aves do céu, têm o seu mundo, têm a sua própria linguagem, e o seu próprio rumo. E por isso podem comunicar-se entre si, mas não com outras espécies. Outro mundo é o mundo dos répteis. Têm a sua própria comunicação, a sua bem definida forma de viver , a sua própria alimentação, no entanto nada tem a ver com mamíferos. Outro mundo é o dos mamíferos, que têm uma postura completamente diferente, mas nada sabem a respeito de comunicar-se com os peixes. Quanto aos peixes, também esses se comunicam entre si de forma perfeita, e vivem no seu próprio mundo. E cada qual é prisioneiro no seu mundo, não por sua vontade, mas porque Deus assim o quis.

Pois as aves não podem invadir o mundo dos mamíferos, assim os mamíferos não podem invadir o mundo das aves, que é no céu. Assim como os répteis não podem invadir o mundo dos peixes, assim os peixes não podem andar no mundo dos répteis. Claro que há excepções, mas até isso foi predestinado. Mas que diz Deus do homem: Dominai sobre os peixes do mar, sobre todas as aves e sobre todos os animais da terra. Ao homem foi concedido a sabedoria para dominar e por isso o homem é superior a qualquer animal. Pois ele é á imagem de Deus. Atenção: Eu disse á imagem de Deus e não á imagem do macaco. Diz-me tu ó homem que não crês em Deus. Quem ensinou o bebé que assim que acaba de nascer , a procurar o peito da mãe, uma vez que ainda nada discerne?

Quem lhe ensinou a posição dos lábios a fim de sugar o leite do peito da mãe. Quem ensinou á pequena criatura de canguru, que assim que acaba de nascer , a procurar a bolsa da mãe? Quem lhe ensinou o caminho? Quem ensinou o pequeno golfinho a nadar assim que sai do ventre da mãe? Quem ensinou o cuco a jogar fora os verdadeiros filhos da mãe que o chocou para se apoderar de todo o alimento e garantir assim a sua sobrevivência? Quem ordenou o rumo especifico do sol? Quem ordenou o movimento perfeito da terra? Quem disse ao mar: Este é o teu limite, daqui não passarás, a não ser que eu te ordene?

Quem ensinou ás aves os rituais de acasalamento? Quem ensinou o salmão a subir as correntes até encontrar uma baia calma onde ali possa depositar os seus ovos? Quem projectou a multiforme sabedoria de Deus espalhada por todo o universo? È isto resultado do acidente que dão o nome de big bang? Poderia estar aqui horas a dar exemplos como estes, porém, só Deus pode convencer o homem da verdade. Pois o homem não é resultado deste mundo, mas o mundo é que foi criado por causa do homem. Vãs teorias são inventadas para negar a existência de Deus, porém aqueles que vão morrendo, vão descobrindo a verdade, mas há uma geração que descobre em vida, ou melhor: Deus se revela a ela, pois ela crê. Muitos acham que os seus primeiros pais foram os macacos, outros os peixes, e outros simples organismos microscópios vivos. Querem achar vida na morte. Então vasculham a terra á procura das suas origens, e quando encontram um esqueleto semelhante ao homem, dizem: Aqui estão os nossos pais. Essa teoria é uma verdadeira macacada. No entanto, eles desconhecem de propósito que no princípio havia muitas mais espécies de animais, e muitas mais pessoas. E desconhecem, ou melhor . Não acreditam no dilúvio que Deus enviou á terra por meio do profeta Noé.

E ali Deus escolheu somente as pessoas e os animais que quis, e mudou para sempre a face da terra. Tu me perguntarás! Então onde está essa água? Basta que tu olhes para os pólos, é lá que ela se concentra, e se aquele gelo se derretesse, tudo morreria pela água novamente. Por isso hoje encontramos esqueletos de animais que já não existem (dinossauro, mamute, etc. ?) e claro está, outras espécies de macaco, que os sábios dizem ser os seus ascendentes.Mutações Na verdade nada há de novo debaixo do sol, mas o que existe hoje já existiu no passado e o que existirá no futuro, já existe hoje ?Ecl. 1:4-10?.

Pois toda a criação não foi criada a partir do que se vê ?Hb. 11:3?, mas tudo foi criado pela palavra de Deus a partir do nada. Somente as primeiras criaturas, vegetação e o homem é que foram criados, eles não tiveram progenitores como acontece nos dias de hoje mas Deus na sua grandeza criou o Universo em estado adulto. A Terra apareceu já com toda a sorte de minerais, tesouros e corrupção, e com todos os indícios e consequências de possuir uma idade de milhões de anos. Não só a Terra mas tudo o que foi criado nos seis dias, inclusive o próprio homem. A criação durou seis dias e ao sétimo Deus descansou, e a partir daí nada mais foi criado. E agora tudo o que vemos não é o que foi criado, mas o que foi gerado pelas primeiras criaturas, sendo nós mesmos o resultado do primeiro homem E tudo isto aconteceu porque Deus disse: Multiplicai-vos. Ao Deus ordenar isto, as árvores começaram a dar o seu próprio fruto e consequentemente a sua semente para se multiplicar , não só as árvores mas todas as criaturas pequenas e grandes, visíveis e invisíveis começaram a multiplicar-se por causa desta ordem, inclusive o homem.

Assim como o bem e o mal, a força e a doença, a vida e a morte, etc? A própria Eva não foi criada mas gerada por Adão e por isso ele dizia que ela era carne da sua carne e sangue do seu sangue. A predestinação está incluída em todas as coisas criadas, mas em cada coisa com o seu próprio objectivo. Ou seja: Todos os dias têm 24 horas, mas cada um difere do outro no tempo de luz e nos acontecimentos diários. Os homens são todos iguais, porém na sua sabedoria Deus a partir dele fez centenas de raças e línguas, e quando as raças se cruzam aparentemente surge outra raça, mas nada foi criado mas sim produzido através da criação que já existia.O mesmo acontece com o cruzamento das raças dos cães e de outros animais; o mesmo acontece com a mutação de vírus que se tornam em grandes epidemias para cumprir a ira de Deus; o mesmo acontece com a mistura de plantas para daí surgir medicamentos e venenos. Mas nada disto é criado, mas sim multiplicado segundo o propósito de Deus.

O nosso próprio corpo dá testemunho dessa ordem de multiplicação, pois a nossa própria carne surge pela multiplicação das células. Vemos a mesma coisa na enxertia da videira, da oliveira e de muitas outras árvores em que o manso se torna bravo. Tudo isso são mutações predestinadas por Deus para fazer o bem ou o mal. Umas são genéticas mas outras são provocadas pelo homem segundo o propósito de Deus; umas são interiores (homossexual, eunuco, o louco, ?), mas outras são exteriores (transexual, deformações no corpo). Tudo isto são parábolas para mostrar á Igreja a ira e a misericórdia de Deus, e por isso até nós os gentios, sendo oliveira brava, fomos enxertados na oliveira mansa, o povo judeu (Rm. 11:24), e para que assim pudéssemos ser participantes de sua glória. Nós mesmos somos mutantes criados pela palavra de Deus. Pois renascendo de novo à imagem do Deus vivo continuamos enxertados num corpo pecaminoso.

Também a mesma palavra faz mutações nos homens fazendo deles anticristos ao rejeitarem o evangelho. E assim Deus cumpre o seu propósito anunciado desde o princípio em toda a natureza criada. Nuns vemos a sua misericórdia, mas noutros vemos a sua ira. Testemunhos da terra No ano 2004, descobriram na montanha mais alta do mundo, o Everest, conchas e esqueletos marinhos. Quais eram as suas teorias? Como naquele lugar há movimento sísmico, então talvez quando as montanhas se formaram, naquele lugar existisse mar . No entanto a verdade é só uma: O dilúvio foi verdadeiro, assim como será a vinda de Cristo novamente á terra para destruir todos o que não crêem nele. Porque os cientistas não podem descobrir Deus e a origem de tudo? Porque Deus se revela somente pela fé e não pela sabedoria ou força do homem. O homem em si só pode descobrir o visível, a superfície. Ele só entende o lógico, e só acredita no que vê e mexe. Somente quando ele se converte, é que pode ver o que os olhos não vêm, escutar os que os ouvidos não ouvem e experimentar o que os homens não podem experimentar .

É Deus que ordena o desenvolvimento na época oportuna; é Deus que faz surgir as descobertas em geração própria, É Deus que incita às mudanças em século próprio. Ele é o princípio e o fim de tudo, ainda que os homens nada vejam. O mundo continuará no seu rumo normal, que é o desgaste. Pois o seu prazo de validade está quase no fim. Nasceu, amadureceu e está velho e perto está o seu fim. Já não tem o vigor de outrora; Já não consegue produzir com a qualidade que produzia; E não há nada que o homem possa fazer . A terra não necessita da nossa ajuda, nem os animais da nossa defesa, nem da reciclagem dos homens.

Pois ela é por si autónoma, cuida de toda a natureza e animais e nada se desperdiça. Ela só precisa que o homem a deixe em paz, que ela própria recicla, e nada se desperdiça. Porém, ainda que os homens continuem a estragar e outros a defender , tudo isso é obra de Deus. E por mais que o homem queira, ele não pode adiantar ou atrasar o fim do mundo. Mas, acontecerá no momento em que Deus determinou. A ciência multiplica o pecado Achas que somos mais civilizados do que os antigos? Se achas, então foste iludido. Pois qual a diferença de há 5ooo anos para hoje? Eu digo-te: Estamos pior .

O que existia há 5ooo anos, é o que existe agora, ou seja: Guerras, fome, doenças, calamidades, homicidas ladrões, etc, ,,. Mas hoje a lista é maior . Porque aquilo que era vergonhoso nesse tempo, hoje é coisa natural, e por isso a maldade multiplicou-se. Hoje até á prazer em assumir-se as maldades. Todos têm acesso á pornografia; as mulheres vivem constantemente a provocar os homens com a sua forma de vestir e falar , depois admiram-se de haver tantos violadores; já não se castiga os filhos, porque o castigo não educa; No entanto, onde não houver castigo, o mal não tem limites e multiplica-se; onde não há domínio, também não há resistência. O homem Casa-se hoje, divorcia-se amanhã há mínima contrariedade; O namoro é fazer vida de casado; A homossexualidade, já não é nada de vergonhoso, pelo contrário, se ousas dizer que és contra chamam-te atrasado. No entanto, cada coisa foi feita com um objectivo. A mulher para o homem e o homem para a mulher .

O próprio corpo testemunha contra eles, pois só o homem com a mulher se encaixa na perfeição. O contrário, não é natural. È como comer plástico em vez de alimento, e assim a seu tempo todos estes sofrerão as consequências. O aborto faz-se de forma banal, basta que a pessoa não deseje tal filho; toda a gente é subornável, já ninguém valoriza a palavra, não valorizam a honra nem a decência. Cada vez existe mais prostituição, Pais que investem as suas crianças no sexo; Meninas de escola que vendem o seu corpo; Pais que comercializam os próprios filhos; pessoas completamente dependentes das drogas. Homens que usam o sagrado para roubar as viúvas e os pobres; Homens que se dizem filhos de Deus, e negam sangue aos próprios filhos que os livraria da morte; Homens que usam o nome de Deus para fazer guerra. Cada vez há mais perversos, corruptos, pedófilos, homicidas, sendo capazes de matar os próprios filhos, e os filhos os pais.

Hoje de um país, podemos enviar a destruição maciça a vários países; Um só homem pode destruir milhares. Porque mudam constantemente as leis? Muitos detestam a lei e querem profaná-la, porque ela os condena, humilha e revela toda sua maldade, querem abolir toda a lei que os expõe publicamente á vergonha, e que mostra o seu veneno. A lei é o único impedimento dos profanos de se sentirem livres e de se assumirem, mas uma vez a lei destruída, então terão apoio para se corromper , a eles e aos outros sem nenhum obstáculo. Lutam a todo o custo contra as leis do aborto, contrato do casamento, adultério, a homossexualidade e contra tudo aquilo que os priva de satisfazerem a sua imundícia. Objectivo: que a sociedade seja igual a eles, pois onde não houver lei, também não há castigo, nem mesmo qualquer espécie de transgressão. Eles querem leis onde não sintam condenados e não sejam humilhados, mas que possam lançar a sua podridão e lodo, e ainda continuar de cabeça erguida, apoiados pela sociedade, mas aí daquele que segue os seus instintos.

È a isto que chamam democracia? Em vez de ser a lei a mandar no povo, é o povo que manda na lei, mudando-a sempre que quer . Basta que faça alguma pressão, e aí está o governo a fazer a vontade do povo. Porém, melhor é a escravidão da ditadura, do que a liberdade da democracia. Melhor é a escravidão do corpo, do que a escravidão da alma. É isto que tu chamas civilização? Eu chamo de podridão, miséria, ignorância, ruína total. Tu me dirás: isso é muito pessimismo. Não, meu amigo, isso é realismo. Basta ter olhos para ver . Porém, os olhos que eu falo, não estão no rosto, mas na alma. Mas, não está tudo isto profetizado na palavra de Deus? Claro que sim, pois assim diz Deus: Perto dos últimos dias, a ciência se multiplicará, e com ela se multiplicará de forma espantosa o pecado. Tu me dirás; Então porque Deus fez assim e não fez assim? Porque ele é Deus, e dono de tudo e de todos, quer tu queiras ou não. E senão creres em mim, no fim o verás.

Mas, aí serás condenado. Por isso não tenhas medo da morte, da doença, das calamidades, ou de outra coisa qualquer . Pois tudo acontece pela vontade de Deus, no seu próprio tempo, no seu próprio lugar , com aquelas pessoas ou com aqueles animais. E quando acontece uma desgraça sobre a terra, é a manifestação de sua ira. Porém, aquele que confia nele, estará guardado até ao dia em que Ele o chamará. Para isso mesmo Cristo entregou a sua vida. Mas, como saber a verdade, uma vez que é só uma e o mundo está cheio de religiões? Aquele que crê, conhece a verdade quando a encontrar .

E porquê? Porque na verdade não é ele que a encontra, mas é a própria verdade (Deus) que o encontra. Não somos nós que a descobrimos, mas foi ela que entrou na nossa vida. E eu como sei que sou dela, todos aqueles que lhe pertencem, ouvirão a minha voz. E embora nunca tivessem ouvido falado dela, naquela hora tudo lhes parecerá familiar e perfeito. Por fim, para terminar digo: Cada pensamento, cada neurónio, cada célula, cada movimento, cada princípio, e cada fim, antes que exista qualquer coisa, é Deus que a produz. Nada acontece no céu ou na terra, sem o seu consentimento. Toda a criação é impelida por uma força incontrolável para cumprir o projecto de Deus. Não existe essa coisa do livre arbítrio, mas cada um fará aquilo para que foi predestinado. O princípio da sabedoria é temer o Senhor , e o princípio da loucura é contestá-lo. Evolução sustenta o livre-arbítrio da criação, predestinação sustenta que somos o que somos por um projecto que a livre vontade de Deus determinou antes do mundo existir.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>