Os filhos de Maria

Dizem que os irmãos de Jesus não eram de facto irmãos de Jesus, não irmãos de sangue, mas parentes. Então, e esses parentes seriam primos? Tios? Mas desde quando se chama irmãos a parentes? Ok, vamos ver o que diz a escritura.

Mateus 13:55-56 Não é este o filho do carpinteiro? Não é Maria sua mãe? Não são seus irmãos Tiago, José, Simão e Judas?E suas irmãs, não vivem todas entre nós? Donde lhe vem, pois, tudo isso?

Se os irmãos eram parentes, logo a mãe também era parente e não mãe? Seria? E só tinha quatro parentes irmãos? Mas agora se Maria era de facto mãe, logo eles também eram seus irmãos, isso porque diz que eles eram filhos de Maria, e não parentes! Até chegam a dizer que se estava a referir aos irmãos espirituais, então e só tinha quatro irmãos espirituais?

Mateus 27:55.56 Havia ali também algumas mulheres que de longe olhavam; tinham seguido Jesus desde a Galiléia para o servir.Entre elas se achavam Maria Madalena e Maria, mãe de Tiago e de José, ...

E não estamos a falar da falsa teoria que os irmãos de Jesus eram os supostos filhos de José que tinha de outra mulher, pois a escritura diz que Maria era a mãe deles.

E outra vez:

 

Marcos 15:40 Achavam-se ali também umas mulheres, observando de longe, entre as quais Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago, o Menor, e de José, e Salomé,

 

Logo estamos a falar da mesma casa, da mesma família, eram mesmo irmãos, assim como Maria era a sua mãe, assim como as irmãs.

Por isso a escritura diz que José só não teve relações com ela antes de Jesus nascer, mas depois foram um casal normal como qualquer outro.

 

Mateus 1:25 Mas José não a conheceu enquanto ela não deu à luz o seu filho, que recebeu o nome de Jesus.

 

Não dá Paulo também testemunho deles?

 

Gálatas 1:19 Dos outros apóstolos não vi mais nenhum, a não ser Tiago, irmão do Senhor.

 

Paulo não está a dizer que Tiago é apóstolo, mas que não viu nenhum dos apóstolos, mas somente Tiago, irmão do senhor.

 

E atenção que não estamos a falar do Tiago dos apóstolos! Pois o irmão de Jesus, tinha por irmão Judas, filho de Maria como já vimos, enquanto o Tiago apóstolo, era filho de Alfeu e e pai de Judas Tadeu, também apóstolo.

 

Ainda que algumas traduções digam que possa também traduzir por irmão, como pode um Pai ser confundido com irmão?

E o outro apóstolo Tiago tinha por irmão a João, também filho de Zebedeu e apóstolo, do qual não é inumerado pelos judeus como um dos supostos parentes de Jesus, eles que tão bem os conheciam.

Mas não fala também Judas o seu irmão, de Tiago,?

 

Judas 1, servo de Jesus Cristo e irmão de Tiago, aos eleitos bem-amados em Deus Pai e reservados para Jesus Cristo.

 

Na verdade, Maria e os seus irmãos fizeram uma série de asneiras, por não o comprenderem. Porque a missão de Jesus para com o Pai, causava grande agitação entre as multidões onde quer que fosse, principalmente entre os religiosos daquele tempo. E por causa disso a sua mãe e irmãos queriam prendê-lo, impedindo que ele pregasse o evangelho, chegando ao ponto de dizerem que ele estava louco.

 

Marcos 3:21,31-35 Quando os seus o souberam, saíram para o prender; pois diziam: "Ele está fora de si."... Chegaram sua mãe e seus irmãos e, estando do lado de fora, mandaram chamá-lo.Ora, a multidão estava sentada ao redor dele; e disseram-lhe: "Tua mãe e teus irmãos estão aí fora e te procuram.Ele respondeu-lhes: "Quem é minha mãe e quem são meus irmãos? E, correndo o olhar sobre a multidão, que estava sentada ao redor dele, disse: "Eis aqui minha mãe e meus irmãos.Aquele que faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe."

 

E quando o encontraram, foram repreendidos públicamente pela sua insolência e envergonhados, e por isso Jesus lhes disse que considerava verdadeiramente mãe e irmãos aqueles que faziam a vontade de seu Pai, e não os de sangue.

 

Como poderiam fazer parte dos apóstolos quando eles nem sequer acreditavam nele como ainda achavam que ele era um louco?

 

Por isso na carta de João vemos que os próprios irmãos não acreditavam nele e confessavam que não eram seus discipúlos, e ironizando diziam que Ele queria era ser famoso.

 

João 7:3-5 Seus irmãos disseram-lhe: Parte daqui e vai para a Judéia a fim de que também os teus discípulos vejam as obras que fazes.Pois quem deseja ser conhecido em público não faz coisa alguma ocultamente. Já que fazes essas obras, revela-te ao mundo.Com efeito, nem mesmo os seus irmãos acreditavam nele.

 

Se eles mesmo confessavam que não eram seus discípulos como poderiam fazer parte dos apóstolos? Além disso aqui já há muito que os apóstolos tinham sido escolhidos, pois isto foi depois da multiplicação do pão no capitulo 6? Escolheu apóstolos que não criam nele?

 

Não disse o próprio Cristo quando estava em Nazaré onde fora criado que não foi recebido como profeta nem na sua própria terra? Não somente na sua terra como também na sua própria casa?

 

E escandalizavam-se nele. Jesus, porém, lhes disse: Não há profeta sem honra, a não ser na sua pátria e na sua casa.
Mateus 13:57

Lucas também dá testemunho de Maria e dos seus irmãos.

Atos 1:14 E, entrando, subiram ao cenáculo, onde habitavam Pedro e Tiago, João e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelote, e Judas, irmão de Tiago. Todos eles perseveravam unanimemente na oração, juntamente com as mulheres, entre elas Maria, mãe de Jesus, e os irmãos dele.

Se já estavam lá os irmãos de Jesus, que segundo dizem que também eram os apóstolos, então porque a escritura torna a mencionar Maria mãe de Jesus e os irmãos dele?? 

 

 

Na realidade, há uma verdade superior, é que Maria nunca foi verdadeiramente mãe de Deus como dizem, ela mesmo foi criada por Jesus, e por isso Ele nunca a tratou por mãe. Maria apenas lhe deu um corpo para ser amaldiçoado, mas Cristo já existia desde a criação do mundo, e é Nele que tudo foi criado nos céus e na terra.

Se Jesus não morresse, Maria ia para o inferno, porque ela também nasceu em pecado, contaminada pelo pecado de Adão, e por isso também só pode gerar um corpo de pecado cheio de tentações, das quais Jesus sofreu.

Maria nunca teve ministério, e por isso nunca foi mais mencionada no novo pacto. E as únicas profecias acerca dela, são no velho pacto acerca do nascimento do Messias. E enquanto nas cartas á igreja não há qualquer mandamento para falar acerca dela.

Acerca da mulher que encontramos no Apocalipse, nada tem a ver com ela, mas fala de Israel segundo a carne, de onde saiu o Cristo, e por isso essa mulher tem uma coroa de 12 estrelas, que significam os 12 patriarcas, que são os fundamentos da mulher, ou seja: Israel.

E além disso essa mulher aparece na grande tribulação no tempo da besta, a qual é protegida por Deus até ao Armagedon. Ela e seus filhos que somos nós. Logo jamais poderia ser a Maria.

Chamar Maria de virgem, ou que não teve outros filhos além de Cristo, ou ainda que não tinha pecado, é falta de entendimento das coisas de Deus.

corintios 9:5 Não temos nós direito de levar conosco uma esposa crente, como também os demais apóstolos, e os irmãos do Senhor, e Cefas?

Vês como os irmãos são diferentes dos irmãos da fé, dos apóstolos? Doutra forma também teriam chamado de irmãos aos apóstolos.

O próprio João por quem Maria recebeu por filho dá testemunho disso:

O ancião à senhora eleita, e a seus filhos, aos quais amo na verdade, e não somente eu, mas também todos os que têm conhecido a verdade,...Muito me alegro por achar que alguns de teus filhos andam na verdade, assim como temos recebido o mandamento do Pai. E agora, senhora, rogo-te, não como escrevendo-te um novo mandamento, mas aquele mesmo que desde o princípio tivemos: que nos amemos uns aos outros...
2 João 1:1,4-6


Muitos querendo dissimular dizem que João se estava referindo a uma igreja, mas é mentira porque fala em senhora e em seus filhos, falando para uma pessoa, rogando a uma pessoa e não a uma comunidade.

 

E ainda acrescenta que nem todos os seus filhos andavam na verdade; ora se fosse a igreja não falavam em alguns filhos, mas a igreja são todos os que nela estão e não alguns.

 

Assim como a sua irmã, mulher de Cleofas, que os próprios católicos dizem que os irmãos de Jesus é que eram os seus filhos, se é assim como diz que tanto uma como outra têm filhos?

 

Saúdam-te os filhos de tua irmã, a eleita. Amém.
2 João 1:13

 

E para mostrar que essa ideia de dizer que a eleita refere-se a uma igreja não passa de um engano, na sua outra carta mostra que ele não trata a igreja por pessoa mas pelo seu nome que é igreja.

 

O presbítero ao amado Gaio, a quem em verdade eu amo.
3 João 1:1

 

Que em presença da igreja testificaram do teu amor; ao
3 João 1:6

 

Tenho escrito à igreja; mas Diótrefes, que procura t
3 João 1:9

 

não recebe os irmãos, e impede os que querem recebê-los, e os lança fora da igreja.
3 João 1:10

 

Portanto, que a Maria não teve mais filhos não passa de mais um sofisma da doutrina católica para negar a verdade de Deus. E para esconderem a sua mentira usam as palavras de filhos misturando com parentes a seu bel prazer a fim de negarem aquilo que é obvio.

A paz de Deus!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>